Prefeito de Niterói diz ser vítima de "conspiração" para desestabilizar gestão

Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, afirmou ser vítima de uma conspiração que visa desestabilizar a sua administração; para Neves, existe uma ligação entre a sua prisão e atuação de grupos de milicianos que atuam no Estado; “Niterói é uma cidade que tem todas as contas em dia e a que tem maior capacidade de investimento dentre todas do Estado. Tem gente querendo desestabilizar isso, levando o medo à população”, disse

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.
O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves. (Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil)

247 - O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), afirmou ser vítima de uma conspiração que visa desestabilizar a sua administração.  “Fui vítima de uma tentativa de conspiração para induzir o sistema de Justiça ao erro que só não foi à frente pela decisão do colegiado doTribunal de Justiça, que demonstrou compromisso inequívoco com o estado democrático de direito”, afirmou o prefeito em entrevista ao jornal O Globo

Neves é acusado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro de ter desviado mais de R$ 10 milhões em recursos oriundos da gratuidade das passagens do sistema de transporte público por meio de um esquema com os consórcios do setor.

Para Neves, existe uma ligação entre a sua prisão e atuação de grupos de milicianos que atuam no Estado. “É muito significativo que, no dia (12 de março) em que o 3º Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) entendeu o absurdo que era eu estar preso, o Ministério Público e a Polícia Civil tenham prendido os acusados de matarem a vereadora Marielle Franco (PSOL)”, disse 

“Niterói é uma cidade que tem todas as contas em dia e a que tem maior capacidade de investimento dentre todas do Estado. Tem gente querendo desestabilizar isso, levando o medo à população”, completou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247