Alesp aprova aumento de 50% no salário de Tarcísio de Freitas e secretários

Pelo projeto, salário de Tarcísio de Freitas será de R$ 34,5 mil, ante os atuais R$ 23 mil pagos ao governador; vice também será beneficiado

www.brasil247.com - Tarcísio de Freitas
Tarcísio de Freitas (Foto: Agência Brasil)


247 - A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou nesta terça-feira (29) o aumento de 50% nos salários do próximo governador, Tarcísio de Freitas, do seu vice e dos secretários que irão compor o novo governo a partir de janeiro de 2023.

Pelo texto aprovado, o salário do governador passará de R$ 23 mil para R$ 34,5 mil a partir de janeiro. Já o subsídio pago ao vice-governador, Felício Ramuth (PSD), subirá para R$ 32,8 mil, ante os atuais R$ 21,8 mil. 

Os secretários do futuro governo receberão R$ 31,1 mil por mês — hoje, o valor é R$ 20,7 mil.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247