Apenas 20% das cidades paulistas vão retomar as aulas presenciais nesta terça-feira

Retomada das aulas presenciais para acolhimento e reforço dos estudantes na rede pública estadual em São Paulo deverá contar com a adesão de apenas 128 dos 645 municípios paulistas. Não adesão decorre em grande parte da preocupação dos pais e responsáveis com a Covid-19

(Foto: Sérgio Andrade/Governo do Estado de SP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A retomada das aulas presenciais para acolhimento e reforço dos estudantes na rede pública estadual em São Paulo deverá contar com a adesão de apenas 128 dos 645 municípios paulistas. As aulas foram suspensas em março devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus e a retomada do ensino presencial teve seu inicío autorizado para acontecer a partir desta terça-feira (8). 

Em agosto, o governo estadual havia autorizado a reabertura parcial das escolas a partir de setembro, apesar do retorno presencial estar previsto para outubro. A iniciativa de reabrir os estabelecimentos de ensino para reforço, porém, foi rejeitada por 80% dos municípios. 

Segundo a reportagem do jornal O Globo, a não adesão decorre em grande parte da preocupação dos pais e responsáveis com a Covid-19. Uma pesquisa do Ibope aponta que 72% dos entrevistados defendem que o retorno dos estudantes às escolas só aconteça após a disponibilização de uma vacina contra o novo coronavírus. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email