Após ser expulso de protesto, Madureira pede o impeachment de Bolsonaro

"É óbvio que existe uma ligação dos Bolsonaro com as milícias e isso é caso de impeachment", disse Madureira após ser expulso de manifestação convocada pela extrema direita

Marcelo Madureira
Marcelo Madureira (Foto: Fórum)

247 - O humorista Marcelo Madureira é um dos poucos que viveu a experiência de ser expulso tanto de uma manifestação de esquerda, quanto de direita. 

A mais recente expulsão aconteceu ontem, na orla de Copacabana, no Rio, onde se realizava um ato em apoio ao ministro da Justiça, Sergio Moro, à Operação Lava Jato e contra o projeto de lei de abuso de autoridade. A informação é do Portal UOL. 

Do alto do carro de som, Madureira fez críticas a Jair Bolsonaro. 

Bastou isso para que as vaias e xingamentos começassem, a ponto de ele ter que sair do local escoltado pela Polícia Militar.

Mesmo depois de hostilizado, ele não ameniza as críticas a Bolsonaro--em quem votou na última eleição-- e vai mais longe. "É óbvio que existe uma ligação dos Bolsonaro com as milícias e isso é caso de impeachment", afirma. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247