"Barbárie do racismo estrutural", diz Talíria Petrone após assassinato de homem negro

"A barbárie do racismo estrutural destruindo vidas às vésperas do Dia da Consciência Negra", afirmou a deputada Talíria Petrone (PSOL-RJ), após o homem negro João Alberto Silveira Freitas ser morto vítima de espancamento em Porto Alegre (RS)

Talíria Petrone
Talíria Petrone (Foto: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) repudiou o assassinato do homem negro João Alberto Silveira Freitas em uma unidade do Carrefour, em Porto Alegre. 

"REVOLTANTE! João Alberto Silveira Freitas foi espancado até a morte, por seguranças, no estacionamento do Carrefour, em Porto Alegre. Um dos agressores é policial militar. A barbárie do racismo estrutural destruindo vidas às vésperas do Dia da Consciência Negra. Até quando?", escreveu a parlamentar no Twitter.

Uma funcionária chamou seguranças após uma briga com o homem, que depois foi espancado até a morte


O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247