Beltrame: verba da União vai primeiro para salários atrasados de policiais

O dinheiro liberado pelo governo federal, de R$ 2,9 bilhões, será destinado pelo secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, ao pagamento de salários dos policiais; o Ministério do Planejamento ainda estuda detalhes técnicos, mas disse que a transferência dos recursos dever ser feita nos próximos dias; "Pagar o salário do servidor, pagar a premiação e o regime adicional de serviço. Posteriormente a isso, descentralizar o recurso, imediatamente, para as duas instituições, para que elas honrem seus compromissos que tão bastante atrasados. Eu acho que a partir daí a gente pode trabalhar com muito mais tranquilidade"

O dinheiro liberado pelo governo federal, de R$ 2,9 bilhões, será destinado pelo secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, ao pagamento de salários dos policiais; o Ministério do Planejamento ainda estuda detalhes técnicos, mas disse que a transferência dos recursos dever ser feita nos próximos dias; "Pagar o salário do servidor, pagar a premiação e o regime adicional de serviço. Posteriormente a isso, descentralizar o recurso, imediatamente, para as duas instituições, para que elas honrem seus compromissos que tão bastante atrasados. Eu acho que a partir daí a gente pode trabalhar com muito mais tranquilidade"
O dinheiro liberado pelo governo federal, de R$ 2,9 bilhões, será destinado pelo secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, ao pagamento de salários dos policiais; o Ministério do Planejamento ainda estuda detalhes técnicos, mas disse que a transferência dos recursos dever ser feita nos próximos dias; "Pagar o salário do servidor, pagar a premiação e o regime adicional de serviço. Posteriormente a isso, descentralizar o recurso, imediatamente, para as duas instituições, para que elas honrem seus compromissos que tão bastante atrasados. Eu acho que a partir daí a gente pode trabalhar com muito mais tranquilidade" (Foto: Leonardo Lucena)

Rio 247 - O dinheiro liberado pelo governo federal, de R$ 2,9 bilhões, será destinado pelo secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, ao pagamento de salários dos policiais. O Ministério do Planejamento ainda estuda detalhes técnicos, mas disse que a transferência dos recursos dever ser feita nos próximos dias, como mostrou, nessa quarta-feira (22), o RJTV.

"Pagar o salário do servidor, pagar a premiação e o regime adicional de serviço. Posteriormente a isso, descentralizar o recurso, imediatamente, para as duas instituições, para que elas honrem seus compromissos que tão bastante atrasados. Eu acho que a partir daí a gente pode trabalhar com muito mais tranquilidade", disse Beltrame.

"Acho que, em primeiro lugar, a questão motivacional do policial ela retoma o patamar que nós tínhamos antes. Os programas que nós consideramos essenciais como o programa de metas e o regime adicional de serviço, que eram programas importantes e que surtiram efeitos muito positivos pra população, ano passado. A gente pretende retomar essa caminhada, se isso acontecer", acrescentou.

Em Brasília, o ministro interino do Planejamento reforçou que a ajuda da União é para segurança. Caberá ao governo do estado buscar sozinho uma solução para terminar a Linha 4 do metrô. Há seis dias o governador em exercício do Rio, Francisco Dornelles, decretou estado de calamidade pública em consequência da crise financeira.

 

 



Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247