BH proíbe todos os estabelecimentos não essenciais a partir de quinta-feira

Por meio de decreto, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), irá proibir que se mantenham abertos estabelecimentos não essenciais a partir de quinta-feira, 9

Alexandre Kalil
Alexandre Kalil (Foto: Amira Hissa/PBH)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Todos os estabelecimentos comerciais que prestam serviços não essenciais deverão ficar fechados em Belo Horizonte a partir desta quinta-feira, 9, informou no Twitter o prefeito Alexandre Kalil (PSD), nesta quarta, 8.

Kalil afirmou que assinará decreto para valer a medida, que serve como política de contenção social para desacelerar a propagação do coronavírus na cidade.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email