Blocos têm policiais infiltrados para prevenir arrastões

Policiais vestem roupas parecidas e dançam no meio dos foliões, de acordo com o secretário municipal de Justiça, Rubens Rizek. A Secretaria de Segurança Pública do estado informou que 413 pessoas foram detidas no primeiro fim de semana oficial do Carnaval de rua na cidade

PMs ficam disfarçados entre foliões para evitar crimes
PMs ficam disfarçados entre foliões para evitar crimes (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os blocos de Carnaval de São Paulo, que arrastam multidões às ruas, estão infiltrados de policiais disfarçados com a missão de prevenir tumultos e arrastões. Eles vestem roupas parecidas e dançam no meio dos foliões, de acordo com o secretário municipal de Justiça, Rubens Rizek.

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, a Secretaria de Segurança Pública do estado informou que 413 pessoas foram detidas no primeiro fim de semana oficial do Carnaval de rua na cidade. Ao todo, 265 pessoas foram presas cometendo furtos e roubos. Outras 127 eram procuradas pelo Judiciário e mais de 21 adolescentes foram flagrados em crimes diversos.

A segurança mobiliza 10 mil policiais nas ruas e conta com ajuda de 15 drones e um computador de reconhecimento facial.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247