Bolsonaro tem maus modos e é um brucutu honesto, diz Joice

Seguindo o modelo "bajulação explícita", a deputada Joice Hasselmann, interessada em ser candidata à prefeitura de São Paulo, rasgou a seda de Bolsonaro. Ela disse: "“de vez em quando, ele fala umas bobagens. E daí? Eu quero que ele não roube o meu país, é isso que eu quero. Eu não quero um educadinho, um mauricinho ladrão. Eu prefiro, de vez em quando, um brucutu, mas que seja honesto, decente e trabalhe pelo meu país."

Joice afirma que demissão de Bebianno é 'ferida' no governo
Joice afirma que demissão de Bebianno é 'ferida' no governo

247 - Seguindo o modelo "bajulação explícita", a deputada Joice Hasselmann, interessada em ser candidata à prefeitura de São Paulo, rasgou a seda de Bolsonaro. Ela disse: "“de vez em quando, ele fala umas bobagens. E daí? Eu quero que ele não roube o meu país, é isso que eu quero. Eu não quero um educadinho, um mauricinho ladrão. Eu prefiro, de vez em quando, um brucutu, mas que seja honesto, decente e trabalhe pelo meu país."

Antes, a deputada falou sobre Bruno Covas (PSDB), conforme reportagem da revista Fórum: "neste sábado (17), em evento do PSL em Barueri, na Grande São Paulo, a deputada federal e possível candidata à prefeitura de São Paulo, Joice Hasselmann (PSL), criticou o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) e o chamou “cavalo de troia”. Sem economizar nos ataques, a deputada lembrou que Bruno assumiu o cargo por conta do afastamento de João Doria. “Ninguém votou no Bruno. É um cara bacana, gente boa, gente fina, festeiro, gosta de academia. Mas minha mãe também é bacana, e nem por isso serve para ser prefeita."

A matéria ainda destaca que "o governador João Doria também não escapou das alfinetadas. Mesmo sendo chamado de “amigo”, a deputada não deixou de mencionar a rejeição enfrentada por ele ao sair da prefeitura após 15 meses. 'A gente já viu que o pessoal de São Paulo não gosta muito quando alguém abandona no meio do caminho o cargo', disse."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247