Boulos obtém liminar que derruba vídeo com acusações falsas feitas por Russomano

Guilherme Boulos obteve uma liminar que derruba a divulgação de um vídeo exibido pela campanha de Celso Russomano. No vídeo, Boulos era acusado de cobrar aluguel de moradores em um imóvel que pegou fogo no centro da capital paulista

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Lucas Rocha, na Revista Fórum - O candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, conseguiu neste sábado (31) uma liminar para derrubar a divulgação de um vídeo produzido pelo candidato do Republicanos, o deputado federal Celso Russomanno, com mentiras contra o líder do Movimento de Trabalhadores Sem Teto (MTST)

“VAI TER QUE DELETAR A FAKE NEWS, RUSSOMANNO! Russomanno postou vídeo mentiroso em suas redes onde me associava a cobrança de aluguel em prédio que pegou fogo no Centro de São Paulo. A Justiça Eleitoral decidiu que o vídeo tem que ser excluído!”, escreveu o candidato do PSOL em seu Twitter.

Trecho da decisão publicado por ele reconhece que a propaganda veiculou “informação errônea” ao tentar associar o candidato com a cobrança de aluguel de moradores em um imóvel que pegou fogo no centro. Os moradores do edifício Wilton Paes de Almeida eram ligados a um grupo diferente do MTST.

Leia a íntegra na Fórum. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247