Brasil no limite: discussão por preço de coxinha termina em tragédia

Uma discussão pelo preço de uma coxinha terminou em tragédia com a morte de um homem de 52 anos em Simonésia (MG). Segundo as informações da PM, enquanto o dono do bar dizia que a coxinha custava R$ 3, o cliente dizia que o valor correto era R$ 2,50. Proprietário foi morto a facadas

Coxinha
Coxinha (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A discussão entre comerciante e cliente em um bar na cidade de Simonésia-MG terminou em tragédia. Segundo as informações da Polícia Militar, eles se desentenderam por conta do valor a ser cobrado pelo salgado. 

A reportagem do portal G1 destaca que “ainda conforme a PM, o dono do bar se sentiu ofendido diante de uma afirmação do cliente e se armou com um pedaço de madeira. Ele não chegou a agredi-lo porque foi impedido por outras pessoas que estavam no local. Em seguida, o cliente retirou uma faca da cintura e foi para cima do proprietário do estabelecimento, que tentou novamente pegar o pedaço de madeira, mas não conseguiu.”

A matéria ainda informa que “de acordo com as informações levantadas pela PM, os dois começaram a brigar e o dono do bar foi atingido com facadas nas costas e pescoço. Ele ainda conseguiu sair correndo e caiu a 50 metros do comércio. A perícia da Polícia Civil foi chamada.”

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email