Bretas, da Lava Jato, pede para Crivella tirar sua imagem de propaganda eleitoral

Vídeo de campanha mostra evento religioso na Praia de Botafogo, em que Crivella aparece com Bolsonaro e Bretas. Pela sua participação no evento, o juiz da Lava Jato do Rio foi punido pelo TRF-2

Juiz Marcelo Bretas
Juiz Marcelo Bretas (Foto: Fernando Frazão/Ag.Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O juiz da Lava Jato do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, pediu para a campanha do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), candidato à reeleição no Rio, retirar sua imagem de propaganda eleitoral, segundo coluna de Chico Alves no UOL.

Bretas aparece em vídeo, exibido no horário eleitoral gratuito da TV, de campanha do atual prefeito do Rio em evento religioso realizado na Praia de Botafogo e que contou com a presença de Jair Bolsonaro. No programa, a campanha diz que "Corrupção mata mais que coronavírus".

O juiz anunciou, porém, que sua imagem foi utilizada sem que desse autorização e que ele pediu a retirada no dia 22 de outubro. A imagem continua sendo utilizada.

Pela participação no evento, Bretas foi punido pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que alegou autopromoção e superexposição. Pela Lei Orgânica da Magistratura, ele não poderá "figurar em lista de promoção por merecimento pelo prazo de um ano, contado da imposição da pena".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247