Briga entre Doria e Bolsonaro deixa oito obras do governo de SP emperradas

As obras, do governo de São Paulo, que dependem do governo federal, na capital e no interior somam quase R$ 5,9 bilhões em investimentos

João Doria e Jair Bolsonaro
João Doria e Jair Bolsonaro (Foto: GOVSP | PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Cerca de oito obras do governo de São Paulo, que dependem do governo federal, estão emperradas diante da briga entre o governador João Doria (PSDB) e Jair Bolsonaro, segundo reportagem da Folha de S.Paulo. As obras pendentes de realização na capital e no interior somam quase R$ 5,9 bilhões em investimentos.

Doria e Bolsonaro têm travado uma intensa briga em diversas questões (vacina contra Covid-19, por exemplo), pois o governador tem pretensões eleitorais em 2022 e busca aparecer com alternativa, enquanto o presidente quer impedir que isso ocorra.

“O Governo de São Paulo estudou cada um desses projetos. Espero que o calendário eleitoral e as opiniões individuais não prevaleçam sobre os benefícios que eles trarão à população, tampouco sobre os seus impactos na retomada econômica, importante não só para São Paulo, mas para o Brasil”, disse o vice-governador e secretário de governo, Rodrigo Garcia (DEM).

Confira as obras travadas em SP:

Fábrica do Butantan

Fábrica tem o objetivo de produzir 100 milhões de doses da Coronavac por ano. Governo de SP afirma que a União se comprometeu com R$ 63 milhões, o que não foi pago

Valor: R$ 160 milhões doados por empresas

Conclusão: Outubro de 2021

Nova Ceagesp

Em 2019, governo de SP e governo federal anunciaram acordo para a concessão e transferência para outro local, mas Bolsonaro falou contra a privatização. O BNDES afirmou que estudo será concluído neste trimestre

Valor e conclusão: Sem estimativa

Complexo do Ibirapuera

Governo de SP anunciou a concessão do ginásio. Bolsonaro recebeu atletas contrários ao projeto. O Iphan estuda o tombamento do local

Valor: R$ 1 bilhão, bancado pela concessão privada

Conclusão: Cinco anos a partir da assinatura do contrato, que deveria ocorrer até junho de 2021

Piscinão Jaboticabal

O governo paulista esperava financiamento de R$ 300 milhões, mas se adequou à nova regra da Caixa Econômica Federal, que tem R$ 100 milhões como limite. Não há contrato assinado segundo a Caixa. A licitação não pode ser homologada sem os recursos

Valor: R$ 132 milhões, sendo R$ 100 milhões da Caixa, além de R$ 106 milhões do governo paulista para desapropriações

Conclusão: Obra deveria ser iniciada em abril de 2021 e durar um ano e meio

Ponte Santos-Guarujá

Obra necessita do aval do Ministério da Infraestrutura, que analisa o projeto. O governo estadual fez as modificações pedidas, como aumento do vão navegável para 750 metros e altura de 85 metros

Valor: R$ 4 bilhões, bancados pela concessionária

Conclusão: Quatro anos

Canal de Avanhadava

Obra na Hidrovia Tietê-Paraná em Buritama (SP) vai reduzir interrupções na estiagem, com mais 2,4 metros de profundidade em trecho de 10 km. A obra também amplia a capacidade de geração de energia. Previsão é que o DNIT aprove até o fim de abril

Valor: R$ 303 milhões

Conclusão: 2024

Rodovia Rio-Santos

Governo federal anunciou a duplicação apenas no trecho do Rio. Governo de SP pretende fazer a duplicação via concessão, mas aguarda autorização do DNIT

Valor e conclusão: Sem estimativa

People Mover

Obra de monotrilho para ligar estação da CPTM ao aeroporto de Guarulhos está em avaliação pela Anac desde 2019 e depende de modificação do contrato de concessão com a GRU Airport

Valor: R$ 175 milhões, abatidos da outorga de R$ 1 bilhão por ano que a GRU Airport paga ao governo federal

Conclusão: Sem previsão

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email