Butantan fará testagem em massa no interior de SP para avaliar isolamento inteligente

“A testagem é uma estratégia muito importante que pode otimizar o isolamento correto das pessoas que testaram positivo para a doença, de modo que o vírus não circule na cidade", disse o secretário da Saúde de Batatais, onde será realizado o projeto

www.brasil247.com -
(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)


Agência Brasil - As cidades de Batatais e Taquaritinga, no interior paulista, vão ser alvo de um projeto do Instituto Butantan, que pretende testar, rastrear e monitorar a transmissão local da covid-19. O projeto, chamado de Isolamento Inteligente, entra em prática neste sábado (29) em Batatais e, na próxima quinta-feira (3), em Taquaritinga.

Para o projeto, o Butantan vai fornecer testes rápidos de antígeno e de RT-qPCR, que serão distribuídos para as unidades básicas de saúde (UBSs). Os testes serão aplicados em pacientes sintomáticos ou assintomáticos que tiveram contato com pessoas com diagnóstico confirmado de covid-19.

“A testagem é uma estratégia muito importante que, associada ao rastreamento de contatos, pode otimizar o isolamento correto das pessoas que testaram positivo para a doença, de modo que o vírus não circule na cidade. A ideia é democratizar o acesso à saúde e gerar impactos positivos no combate à pandemia em Batatais”, disse a secretária da Saúde de Batatais, Bruna Toneti. O município está em lockdown desde o dia 15 deste mês.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aplicativo

Todas as informações coletadas nos testes serão integradas à plataforma Tainá/Global Health Monitor. Por meio desse aplicativo, os moradores dos dois municípios vão receber os resultados dos testes, além de dicas de prevenção, endereço de hospitais mais próximos e mapas de risco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As pessoas terão que baixar o aplicativo e fazer, diariamente, uma autoavaliação, que consiste em responder a questões rápidas sobre os sintomas, contato com indivíduos infectados, hábitos de prevenção e transporte, vacinação e distanciamento. Se a autoavaliação indicar que a pessoa pode ter a doença, ou já estar com sintomas de quadro leve, moderado ou grave, ela será orientado a se dirigir a uma UBS e fazer um exame de detecção de covid-19.

Se a pessoa já estiver com sintomas (febre, tosse, nariz escorrendo ou entupido, dor de barriga ou diarreia, enjoo, dificuldade para sentir cheiros ou gostos, dores no corpo, dor de garganta, dor de cabeça que vai e volta, dificuldade para respirar, ou cansaço maior do que o normal), deve buscar os locais onde se realizam os testes RT-qPCR.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Caso não apresente sintomas, mas tenha tido contato com alguém que está com sintomas, ou que teve diagnóstico positivo, a pessoa deve buscar os locais onde são feitos os testes rápidos de antígeno. O resultado do exame será enviado por meio do aplicativo. Se o diagnóstico for positivo, a pessoa terá que se manter em isolamento em casa.

Por meio do aplicativo, o morador da cidade também vai ser notificado de casos positivos confirmados próximos de seu endereço e monitorar sua exposição ao vírus nos lugares em que transita.

As informações dos participantes do projeto são sigilosas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inquérito domiciliar

O Butantan informou que vai realizar também inquérito domiciliar em cerca de 2 mil residências de Batatais e Taquaritinga. Cada município vai ser dividido em 11 regiões, denominadas clusters. Em cada cluster, serão sorteadas 32 residências que receberão a visita de dois agentes de saúde. Todos os moradores, sem limite de idade, poderão fazer o teste rápido de antígeno para detectar a presença do coronavírus. A cada 15 dias, haverá novo sorteio, e novas casas serão selecionadas em cada cluster. Essa rotina vai se repetir por três meses.

“Com o isolamento inteligente, será possível manter as pessoas infectadas em suas residências e monitorar os contactantes em tempo real. Essa medida, aliada à vacinação, pode contribuir para que gradativamente os municípios possam manter suas atividades econômicas e, ao mesmo tempo, conter a transmissão do vírus”, disse o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email