Cabral afirma que 'Rei Arthur' pagou R$ 6 milhões em caixa 2 para Paes em 2008

O ex-governador Sérgio Cabral (MDB), em novo depoimento ao juiz Marcelo Bretas, afirmou que o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) recebeu R$ 6 milhões em caixa dois durante a campanha eleitoral de 2008.

Em delação, Cabral conta que atuou para favorecer a TV Record
Em delação, Cabral conta que atuou para favorecer a TV Record

247 - O ex-governador Sérgio Cabral (MDB), em novo depoimento ao juiz Marcelo Bretas, afirmou que o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) recebeu R$ 6 milhões em caixa dois durante a campanha eleitoral de 2008.

A reportagem do portal G1 destaca que "segundo Cabral, o empresário Arthur Soares, conhecido como Rei Arthur, foi o responsável pelo pagamento de vantagens indevidas. Em troca, o empresário teria sido beneficiado com contratos na área da saúde e no Centro de Operações Rio. Eduardo Paes diz que doações foram declaradas e devidamente aprovadas pela Justiça Eleitoral"

A matéria ainda acrescenta mais um trecho da fala de Cabral: "na campanha do Eduardo eu combinei de apresentar os empresários ou para o Eduardo ou para o Pedro Paulo. Eu chamava os empresários no meu gabinete e avisava que aquela seria uma campanha muito dura (em 2008), com Jandira Feghali vindo bem, Crivella e Gabeira muito fortes. Eu sabia que ele (Eduardo) iria crescer nas pesquisas. E por isso busquei os empresários que eu tinha mais confiança, como era o caso do Arthur Soares."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247