Cabral é alertado de que conversas hackeadas em 2019 mostram falta de isenção sobre sua prisão

Há no material conversas que também apontariam falta de isenção da Justiça — leia-se Marcelo Bretas e Sergio Moro — na decretação da prisão do ex-governador do Rio em novembro de 2016

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Sérgio Cabral recebeu uma dica de ouro recentemente, vinda de uma pessoa que teve pleno acesso aos terabytes de dados roubados pelos hackers que invadiram o celular de Sergio Moro, de procuradores da Lava Jato e de outras autoridades da República. A iformação é do jornalista Guilherme Amado, em sua coluna no portal Época. 

Segundo o que chegou a Cabral, há no material conversas que também apontariam falta de isenção da Justiça — leia-se Marcelo Bretas e Sergio Moro — na decretação da prisão do ex-governador do Rio em novembro de 2016. Cabral foi preso por decisões de ambos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email