Caça da Marinha brasileira pega fogo ao decolar de base naval no RJ (vídeo)

Vídeo mostra momento em que o caça modelo A-4 (AF-1B) explode já no solo. Piloto conseguiu sair da aeronave e passa bem

Caças da Marinha brasileira
Caças da Marinha brasileira (Foto: Reprodução/Marinha)

Sputnik Brasil - Um caça da Base Aero Naval de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, estado do Rio de Janeiro, sofreu uma avaria durante a decolagem na manhã desta terça-feira (22) e, em seguida, pegou fogo, o que causou a destruição da aeronave, informou a Marinha por meio do Comando do 1º Distrito Naval.

De acordo com a nota da Marinha, “o piloto não sofreu ferimentos e passa bem”. O militar já tinha deixado a aeronave quando começou o incêndio.

Devido à avaria, a aeronave ultrapassou a pista de pouso, pegando fogo em seguida. Logo depois, houve uma explosão e o caça foi destruído pelo incêndio. O caça pertencia ao 1º Esquadrão de Interceptação e Ataque.

O comunicado da Marinha diz que a investigação da ocorrência foi iniciada e deverá apresentar os resultados das causas do incêndio em 180 dias. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que a aeronave pega fogo e explode já no solo.

O caça A-4 foi comprado pela Marinha do Brasil na década de 1990, do Kuwait, junto a outras 22 aeronaves.

Depois da aquisição o avião recebeu a denominação de AF-1 e AF-1M, versão que recebeu atualizações feitas pela Embraer. O modelo que sofreu o acidente é uma unidade que passou pelo processo de atualização e servia a Marinha desde 2018.

O modelo é conhecido por aparecer no filme "Top Gun", simulando os "Migs" russos, sendo pilotado pelos personagens Viper e Jester.

Este modelo de aeronave também foi utilizado em diversas missões pelos Estados Unidos e pela Argentina durante a Guerra das Malvinas.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247