Candidato a vereador faz campanha com número errado e só descobre na hora da votação

O aposentado Alaor José Machado, de 63 anos, digitou o número que recebeu no santinho da própria candidatura a vereador no município de Jambeiro (SP). O objeto informava que o número dele era 15.413, mas, para a Justiça Eleitoral, o correto era 15.412

Candidato do MDB em Jambeiro (SP) fez campanha com número errado
Candidato do MDB em Jambeiro (SP) fez campanha com número errado (Foto: Arquivo Pessoal)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O aposentado Alaor José Machado, de 63 anos, digitou o número que recebeu no santinho da própria candidatura a vereador no município de Jambeiro (SP). Ao digitar os números, ele viu foi a mensagem "candidato inexistente", porque fez campanha com o número errado de candidatura.

A juíza responsável pela seção foi quem informou Alaor sobre o erro. O santinho de Alaor informava que o número dele era 15.413, mas, para a Justiça Eleitoral, o correto era 15.412.

"Estou tentando saber o que aconteceu. Não sei se o partido [MDB] passou errado para a gráfica ou se a gráfica que errou na hora de imprimir", contou Alaor, de acordo com relatos publicados pelo portal G1

"Quando me deram os santinhos para fazer a campanha, divulguei para as pessoas acreditando que estava certo. Como moro na zona rural de Jambeiro, o acesso à internet é mais complicado. Não consegui conferir no site do TSE se era realmente isso. Confiei no número que me passaram no santinho", acrescentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247