Carlos diz que general que o criticou 'nunca liderou guerra de travesseiro'

Vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) rebateu o general da reserva Luiz Eduardo Rocha Paiva, que o classificou como "imaturo, irresponsável e mal-educado"; o parlamentar insinuou que o general faz parte da ala de "militares que não suportam armas" e que "nunca lideraram nem guerra de travesseiros"

247 - Em mais uma batalha com militares do governo, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) rebateu a crítica que recebeu do general da reserva Luiz Eduardo Rocha Paiva, membro da Comissão de Anistia do governo federal. O militar classificou o filho do presidente Jair Bolsonaro como "imaturo, irresponsável e mal-educado".

O parlamentar insinuou que o general faz parte da ala de "militares que não suportam armas" e que "nunca lideraram nem guerra de travesseiros". "Quando xingado, ainda tenho o direito de responder! Ainda mais vindo de um 'recruta' que jamais abriu significativamente a boca quando o PT assaltava o país! Simples!", disse.

A batalha com militares voltou à tona na imprensa nacional, após Carlos Bolsonaro criticar o chefe do Gabinete de Segruança Institucional, o general Augusto Heleno, que passou a sofrer duras crítica por causa dos 39 quilos de cocaína encontrados por autoridades da Espanha em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB). Um militar da Aeronáutica foi detido no país europeu.

"Por que acha que não ando com seguranças? Principalmente aqueles oferecidos pelo GSI [Gabinete de Segurança Institucional, comandado por Heleno]", escreveu Carlos no Twitter ao comentar a prisão.

O general Paiva disse que o presidente Bolsonaro precisa intervir para encerrar o entreveiro, porque tais declarações, apesar de não afastarem os militares do governo, desgastam a relação. 

"Esse embate não é provocado pelos militares, mas por Carlos, inclusive com ofensas diretas. Bolsonaro deve dizer aos militares que desautoriza qualquer manifestação dele. Espero que se dê um basta nisso porque tem questões muito mais importantes para resolver do que ficar esse 'tititi' de uma pessoa que é mal-educada e desclassificada, em termos de comportamento político e social", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247