Cesar Maia descarta Doria e diz que prefere Huck

Em entrevista ao site da revista Piauí, o ex-prefeito do Rio de Janeiro e cacique do DEM, César Maia, duvida que o filho Rodrigo vá assumir a presidência da República; além disso, ele descarta o nome do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) como presidenciável para a legenda - o Maia mais velho aposta em Luciano Huck como candidato do DEM

Em entrevista ao site da revista Piauí, o ex-prefeito do Rio de Janeiro e cacique do DEM, César Maia, duvida que o filho Rodrigo vá assumir a presidência da República; além disso, ele descarta o nome do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) como presidenciável para a legenda - o Maia mais velho aposta em Luciano Huck como candidato do DEM
Em entrevista ao site da revista Piauí, o ex-prefeito do Rio de Janeiro e cacique do DEM, César Maia, duvida que o filho Rodrigo vá assumir a presidência da República; além disso, ele descarta o nome do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) como presidenciável para a legenda - o Maia mais velho aposta em Luciano Huck como candidato do DEM (Foto: Charles Nisz)

Rio 247 - Para o vereador Cesar Maia, um dos caciques do DEM, é remota a chance que o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) seja candidato a presidente em 2018 pela sigla. “Se ele se filiar, está bom, é prefeito de São Paulo. Agora, se lançar candidato a presidente pelo DEM, um partido que tem tradição de políticos seniores, essa hipótese, por parte do partido, nunca existiu.”, segundo apurou a revista Piauí.

Ainda de acordo com a revista, o nome preferido da sigla para 2018 é o do apresentador Luciano Huck. Para César Maia, a opção pelo apresentador global representa "um nome mais forte" do que o prefeito de São Paulo. 

Sobre o filho, Rodrigo Maia, agora mais influente que o pai, César Maia é curto e direto: Não acredito que Rodrigo assuma a Presidência da República, e torço para que isso não aconteça". Na avaliação do pai, é preferível que Rodrigo dispute a reeleição para deputado  - se virar presidente, Rodrigo não pode concorrer mais à Câmara.

Confira a íntegra no site da Piauí.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247