Chuva provoca alagamentos em BH e eleitores cobram Kalil na véspera da eleição

Córrego transbordou na Avenida Vilarinho, na Região de Venda Nova, na capital mineira, e internautas levaram o nome do prefeito aos assuntos mais comentados no Twitter

Belo Horizonte alaga e internautas cobram Kalil
Belo Horizonte alaga e internautas cobram Kalil (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, alagou com a chuva que caiu nesta sexta-feira (13) e os eleitores não perdoaram: foram às redes sociais cobrar o prefeito, Alexandre Kalil (PSD), que teve seu nome entre os assuntos mais comentados no Twitter. O atual prefeito deve ser reeleito no primeiro turno no próximo domingo (15), de acordo com as pesquisas, que o apontam com mais de 60% das intenções de voto.

O córrego transbordou na Avenida Vilarinho, na Região de Venda Nova, inundando lojas e casas. O local é frequentemente alagado, sempre que há chuvas. Quem é crítico a Kalil diz que o prefeito teve quatro anos para corrigir o problema e não o fez.

“Votem no Kalil galera! Ele está na prefeitura a qse 4 anos e fez um ótimo trabalho na Vilarinho…”, ironizou um internauta. Mas também há apoiadores, que atribuem a cobrança ao “desespero dos adversários” e argumentam que o problema acontece há 20 anos. 

“Começar uma obra daquele volume, até se licitar, até todas as empresas entrarem, todas impugnarem, até isso tudo acontecer, qual foi a ideia da Prefeitura? Trazer para a mesa o Ministério Público, Ministério da Justiça, para que participassem do processo. Então a conversa de Vilarinho acabou. O dinheiro tá lá dentro da Prefeitura e o projeto tá pronto”, explicou o prefeito, em um vídeo dele que também circulou no meio da discussão.


 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247