Ciclovia: Bombeiros encerram busca por vítimas

Corpo de Bombeiros desmobilizou na tarde deste sábado as equipes de buscas por vítimas da tragédia na Ciclovia Tim Maia, em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, após cumprir o protocolo de buscas de 48 horas sem que ninguém reclamasse a ausência de possíveis desaparecidos; corporação mantém o monitoramento por meio de aeronave; parte da ciclovia, inaugurada há pouco mais de três meses, desabou na manhã de quinta-feira e duas pessoas morreram

Corpo de Bombeiros desmobilizou na tarde deste sábado as equipes de buscas por vítimas da tragédia na Ciclovia Tim Maia, em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, após cumprir o protocolo de buscas de 48 horas sem que ninguém reclamasse a ausência de possíveis desaparecidos; corporação mantém o monitoramento por meio de aeronave; parte da ciclovia, inaugurada há pouco mais de três meses, desabou na manhã de quinta-feira e duas pessoas morreram
Corpo de Bombeiros desmobilizou na tarde deste sábado as equipes de buscas por vítimas da tragédia na Ciclovia Tim Maia, em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, após cumprir o protocolo de buscas de 48 horas sem que ninguém reclamasse a ausência de possíveis desaparecidos; corporação mantém o monitoramento por meio de aeronave; parte da ciclovia, inaugurada há pouco mais de três meses, desabou na manhã de quinta-feira e duas pessoas morreram (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - O Corpo de Bombeiros desmobilizou nesta tarde (23) as equipes de buscas por vítimas da tragédia na Ciclovia Tim Maia, em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, após cumprir o protocolo de buscas de 48 horas sem que ninguém reclamasse a ausência de possíveis desaparecidos. A corporação mantém o monitoramento por meio de aeronave.

Parte da ciclovia, inaugurada há pouco mais de três meses, desabou na manhã de quinta-feira (21). Duas pessoas morreram.

Em caso de ausência de qualquer pessoa que possa ter sido vítima do acidente, o comandante das Atividades de Salvamento Marítimo, coronel Marcelo Pinheiro, recomenda que se acione imediatamente o Corpo de Bombeiros. Um posto de comando está montado no Posto 13 da Praia de São Conrado para informações.

Na manhã deste sábado (23), bombeiros dos Grupamentos Marítimos de Botafogo e Copacabana, mergulhadores do Grupamento de Busca e Salvamento da Barra, militares da Gávea e do Grupamento de Operações Aéreas realizaram buscas da Praia de São Conrado até o Leblon. Os mergulhadores atuaram na encosta no ponto do acidente, e as equipes terrestres ficaram baseadas na encosta do Vidigal. Foram usadas lanchas, motos aquáticas e aeronave na operação.

Investigação policial continua

A 15ª Delegacia de Polícia prossegue com as investigações sobre o desabamento de parte da ciclovia em São Conrado, tendo sido instaurado inquérito para apurar o fato.

Documentos relativos à obra foram requisitados às empresas responsáveis pela construção, para análise dos peritos.

Testemunhas estão sendo ouvidas na unidade e outras diligências estão sendo realizadas para esclarecer o ocorrido.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email