CNJ suspende posse de juiz branco, que entrou como cotista para pardos e negros

O advogado Tarcisio Francisco Regiani Junior pretendia ser juiz substituto do TJ-RJ

www.brasil247.com - Advogado Tarcisio Francisco Regiani Junior
Advogado Tarcisio Francisco Regiani Junior (Foto: Agência Brasil | Reprodução)


247 - O ministro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Luiz Philipe de Mello Filho suspendeu cautelarmente a posse do advogado Tarcisio Francisco Regiani Junior como juiz substituto do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) na vaga destinada a pardos e a negros. 

O pedido foi feito pela Associação Nacional de Advocacia Negra, de acordo com a coluna de Ancelmo Gois, publicada nesta quinta-feira (19).

O advogado foi aprovado no 48º Concurso para Ingresso na Magistratura de Carreira do Tribunal de Justiça do Rio e seria empossado nesta quinta. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
reproducao

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email