Com cortes, hospital da UFRJ pode parar ainda neste mês

A Universidade Federal do Rio começou, nessa segunda-feira, a tomar uma série de medidas para economizar, já que sofreu, por parte do governo Bolsonaro, um corte de 44% nas verbas de custeio e 50% no dinheiro destinado às bolsas de estudo

(Foto: Reprodução)

247 - A Universidade Federal do Rio começou, nessa segunda-feira, a tomar uma série de medidas para economizar, já que sofreu, por parte do governo Bolsonaro, um corte de 44% nas verbas de custeio e 50% no dinheiro destinado às bolsas de estudo. A informação é da Rádio CBN. 

Mesmo assim, se o MEC não liberar mais verba, a UFRJ afirma que pode cortar, ainda essa semana, os serviços de limpeza e, consequentemente, paralisar o atendimento no hospital universitário.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247