Condomínio em SP contrata funcionário para expulsar moradores de rua da calçada

O condomínio fica em frente ao Elevado João Goulart, conhecido como Minhocão. O local concentra grande quantidade de pessoas em situação de rua

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A intensidade da miséria aumentou o número de moradores de rua no centro de São Paulo e um condomínio resolver adotar medida para expulsar a população que encontrava-se na calçada do prédio, na rua Amaral Gurgel. 

Segundo informações do portal Universa, a síndica do condomínio contratou um serviço para orientar que essas pessoas não ficassem perto da entrada do edifício. Ela tomou a iniciativa após moradores solicitarem uma providência e assinarem abaixo-assinado concordando com a contratação. 

Foram 33 assinaturas de um total de 90 apartamentos.

Moradores do prédio, que conversaram com a reportagem de Universa sob condição de anonimato, contaram que há dois meses foi deixado um abaixo-assinado na portaria do edifício —ao qual Universa teve acesso— e que deveria ser assinado por quem estivesse, segundo o texto, "de pleno acordo com a cobrança de taxa extra junto a cota condominial, para a contratação de segurança particular para manter a segurança do local e o bem-estar dos moradores deste condomínio".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247