Conselho de Medicina abre sindicância contra médico bolsonarista que fornece atestado dispensando máscara

Sérgio Marcussi é ginecologista e especialista em estética e afirmou estar fazendo atestados para pessoas que se recusam a usar máscaras contra o coronavírus

Sérgio Marcussi
Sérgio Marcussi (Foto: Instagram)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG) abriu investigação para apurar a conduta do médico Sérgio Marcussi. Ele fornece atestados a quem apresentar alguma limitação de saúde decorrente do uso de máscara.

Ele é ginecologista e especialista em estética e afirmou estar fazendo atestados para pessoas que se recusam a usar máscaras contra o coronavírus. O item de segurança é recomendado por autoridades sanitárias.

"A luta diária! Hoje fiz 20 atestados desses. Vamos disseminando", escreveu o médico no Twitter, ao retuitar uma mensagem do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), que disse ter ficado sem máscara no aeroporto após conseguir o documento. 

"Agora no aeroporto, entrei sem máscara e fui abordado uma vez. Expliquei que estou respaldado pela lei 14.019/20 art 3° §7°, com licença médica que me garante o não uso e continuei a missão. Essa focinheira ideológica tem que ser combatida", disse o parlamentar.

Silveira é um dos políticos que quebrou a placa de rua em homenagem à ex-vereadora Marielle Franco durante a campanha de 2018. A ex-parlamentar foi morta pelo crime organizado. Ela denunciava a violência cometida por policiais nas favelas, bem como a atuação de milícias. 

Após o post citando 20 atestados, Marcussi disse que a solução é "para você se livrar da focinheira". 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247