Contra escola sem partido, Jean Wyllys lança projeto Escola Livre

A fim de contrapor "um projeto que quer acabar com os tipos de escolas que sejam um espaço para todas as diversidades de pensamento", o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) apresenta o projeto "Escola Livre", que conforme sua definição, "pretende garantir a liberdade de pensamento e o acesso a todos os saberes respeitando a diversidade cultural do nosso país"; veja sua explicação no vídeo

A fim de contrapor "um projeto que quer acabar com os tipos de escolas que sejam um espaço para todas as diversidades de pensamento", o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) apresenta o projeto "Escola Livre", que conforme sua definição, "pretende garantir a liberdade de pensamento e o acesso a todos os saberes respeitando a diversidade cultural do nosso país"; veja sua explicação no vídeo
A fim de contrapor "um projeto que quer acabar com os tipos de escolas que sejam um espaço para todas as diversidades de pensamento", o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) apresenta o projeto "Escola Livre", que conforme sua definição, "pretende garantir a liberdade de pensamento e o acesso a todos os saberes respeitando a diversidade cultural do nosso país"; veja sua explicação no vídeo (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Prestes a voltar do recesso parlamentar, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) apresenta o projeto "Escola Livre", que conforme sua definição, "pretende garantir a liberdade de pensamento e o acesso a todos os saberes respeitando a diversidade cultural do nosso país".

O projeto vem com o objetivo de contrapor o "Escola sem partido", "um projeto que quer acabar com os tipos de escolas que sejam um espaço para todas as diversidades de pensamento".

Em um vídeo da série em que o deputado explica a proposta, divulgado pelo PSOL, Jean Wyllys diz que "uma escola sem partido é uma escola antidemocrática, porque os partidos fazem parte da vida democrática".

"A escola não pode doutrinar, mas não pode impedir o acesso a diferentes conteúdos. O professor tem o direito de apresentar tudo isso aos alunos. Não existe escola sem ideologia", disse ele, que defende ainda "a liberdade de pensamento" nas escolas.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247