Correia: decisão do MP pró-Dallagnol reflete 'covardia e corporativismo a serviço do golpe e do bolsonarismo'

O deputado Rogério Correia (PT-MG) criticou a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) de arquivar uma representação feita pela defesa do ex-presidente Lula contra Deltan Dallagnol. "Reconhece que Dallagnol é culpado por perseguir Lula, mas vota por não punir! Covardia e corporativismo à serviço do golpe e do bolsonarismo", criticou

Rogério Correia e Deltan Dallagnol
Rogério Correia e Deltan Dallagnol (Foto: Câmara dos Deputados | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Rogério Correia (PT-MG) criticou a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) de arquivar uma representação feita pela defesa do ex-presidente Lula contra Deltan Dallagnol por causa de um powerpoint apresentado pelo procurador da Operação Lava Jato no âmbito do processo sobre o triplex em Guarujá (SP). 

"Para que serve o CNMP? Para dar mau exemplo? Reconhece que Dallagnol é culpado por perseguir Lula, mas vota por não punir! Covardia e corporativismo à serviço do golpe e do bolsonarismo. Os servidores dos órgãos devem estar indignados com a decisão", escreveu o parlamentar no Twitter.

Lula foi condenado após acusação de ter recebido um apartamento como propina da empreiteira OAS, mas nunca dormiu nem tinha a chave do imóvel. 

Na denúncia apresentada em 2016, o procurador Henrique Pozzobon admitiu que não havia "provas cabais" de que Lula o ex-presidente era o proprietário do apartamento. 

Em junho do ano passado, uma reportagem do Intercept Brasil apontou que Dallagnol duvidava da existência de provas contra Lula. 

"No dia 9 de setembro de 2016, precisamente às 21h36 daquela sexta-feira, Deltan Dallagnol enviou uma mensagem a um grupo batizado de Incendiários ROJ, formado pelos procuradores que trabalhavam no caso. Ele digitou: 'Falarão que estamos acusando com base em notícia de jornal e indícios frágeis… então é um item que é bom que esteja bem amarrado. Fora esse item, até agora tenho receio da ligação entre petrobras e o enriquecimento, e depois que me falaram to com receio da história do apto… São pontos em que temos que ter as respostas ajustadas e na ponta da língua'", dizia o site.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email