Covas vai contratar pesquisa de opinião por R$ 1,8 milhão

A menos de um ano do início da campanha, a Secretaria de Comunicação do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), lançou uma licitação para contratar uma empresa com o objetivo de mapear a percepção do povo sobre a qualidade dos serviços prestados pelo Executivo. Paga com recursos do tesouro municipal, ela está orçada em R$ 1,8 milhão

Covas suspende repasses e ameaça funcionamento dos bombeiros em São Paulo
Covas suspende repasses e ameaça funcionamento dos bombeiros em São Paulo (Foto: Governo do Estado de SP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A menos de um ano do início da campanha eleitoral, a Secretaria de Comunicação do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), lançou uma licitação para contratar uma empresa com o objetivo de mapear a percepção que o paulistano tem da qualidade dos serviços prestados pelo Executivo. O edital fala em 25 mil entrevistas presenciais e por telefone sobre oito áreas do governo. Paga com recursos do tesouro municipal, ela está orçada em R$ 1,8 milhão.

A oposição do prefeito na Câmara já fala em “ilegalidade com fins eleitoreiros” e estuda formas de impedir a contratação na Justiça. “Se fosse uma pesquisa feita pelo partido dele, com recursos do Fundo Partidário, acho que seria tudo bem. Mas, com recursos públicos, não. Estamos estudando o caso”, disse o vereador Alfredinho (PT), líder da oposição na Câmara Municipal. Seu relato foi publicado no jornal O Estado de S.Paulo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email