Defensoria Pública afirma que Búzios pode ter surto de Covid-19 após o Carnaval

De acordo com a Defensoria de Saúde, as ações não têm dado conta de autuar todos os pontos de aglomeração, fator que, segundo o órgão, aumentará exponencialmente o número de infectados pela Covid-19

(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - A Defensoria Pública de Saúde do município, localizado na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, entende que a fiscalização de estabelecimentos está muito abaixo do nível necessário.

A chegada do Carnaval já havia ligado o sinal de alerta das autoridades brasileiras diante da possibilidade de pequenas cidades enfrentarem surtos de Covid-19.

De acordo com informações do jornal O Globo, a cidade de Armação dos Búzios foi palco para diversas festas clandestinas. Por meio da operação "Stop the Party", a Guarda Civil tem fiscalizado estabelecimentos com atuações ilegais.

No entanto, de acordo com a Defensoria Pública de Saúde do município, as ações não têm dado conta de autuar todos os pontos de aglomeração, fator que, segundo o órgão, aumentará exponencialmente o número de infectados pela Covid-19.

Apenas ontem (15), a prefeitura interditou 20 barcos que receberiam festas. Para a defensora pública da região, Raphaela Jahra, a atuação policial em Búzios está abaixo do recomendado desde as festas de fim de ano, após a decisão judicial determinando a retirada do lockdown na cidade.

Segundo ela, o afrouxamento das medidas de segurança impactou o poder de intervenção direto da defensoria, impedindo que a fiscalização ocorresse na medida necessária neste feriado.

Na madrugada desta segunda-feira (15), dez estabelecimentos foram notificados. Entre eles a boate Privilège, maior casa de festas da região. O local recebeu infração grave e foi multado em aproximadamente R$2.334,33.

Segundo dados divulgados pela prefeitura local, entre sábado (13) e domingo (14), mais de 20 festas foram paralisadas, sendo que três delas receberam infrações graves.

Caso os estabelecimentos notificados descumpram novamente as regras públicas, eles receberão multas agravadas e poderão  ter o alvará cassado, como prevê o decreto divulgado pelas autoridades na última semana.

Aumento de contágio

De acordo com a última atualização do Painel Covid-19 do estado do Rio de Janeiro, divulgado no dia 10 de fevereiro, a cidade de Búzios está em bandeira amarela, com baixo risco de contágio. No entanto, com as aglomerações das festas, o município pode entrar novamente em bandeira vermelha, como ocorreu em dezembro.

Atualmente, a taxa de ocupação das UTIs na cidade está em 34,48% e o monitoramento do nível de lotação dos hospitais está sendo realizado pela Defensoria Pública.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email