Depois de assassinato no Carrefour, Universidade Zumbi assina protocolo contra racismo com federação de empresas de segurança

O termo acordado entre as partes objetiva criar estratégias corretas de abordagem e tratamento a pessoas negras em estabelecimentos comerciais

(Foto: Reprodução/TV Globo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Universidade Zumbi dos Palmares assinou nesta sexta-feira (20) um termo com a Federação Nacional das Empresas de Segurança para a criação de protocolos corretos de abordagem e tratamento a pessoas em estabelecimentos comerciais.

O foco é rever as práticas de profissionais de segurança no que se refere à ostensividade contra a população negra.

A assinatura do acordo faz parte da Virada da Consciência Negra e ocorre justamente após o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos espancado até a morte por seguranças de uma loja do supermercado Carrefour de Porto Alegre.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247