Deputado nega ter atacado Isa Penna em plenário da Alesp: "Abraço rápido"

Cury foi flagrado pela câmera da Alesp apalpando a colega por trás, em 16 de dezembro, em plenário, durante a votação do orçamento do estado. As imagens causaram revolta e diversas declarações de apoio a parlamentar

Isa Penna e Fernando Cury
Isa Penna e Fernando Cury (Foto: ALESP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Na defesa prévia apresentada nesta segunda-feira (8) ao Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado Fernando Cury (Cidadania) nega ter apalpado o seio de Isa Penna (PSOL). Ele também pede a suspeição de correligionários da deputada no caso em que é acusado de importunação sexual contra a parlamentar. A informação é do jornal O Globo. 

Cury foi flagrado pela câmera da Alesp apalpando a colega por trás, em 16 de dezembro, em plenário, durante a votação do orçamento do estado. As imagens causaram revolta e diversas declarações de apoio à Isa. Desde então, Penna o denunciou ao Conselho de Ética da Alesp, e ele enfrenta processos relativos ao episódio em outras esferas: dentro de seu próprio partido, o Cidadania, e no Ministério Público de São Paulo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email