Desastre ambiental em Mariana pode custar mais caro à Vale que Brumadinho

O acordo de reparação com a Vale pelo rompimento de barragem em Mariana, em 2015, deve sair mais caro à empresa que o acordo feito com o governo de Minas Gerais pelo rompimento em Brumadinho (R$ 37,68 bilhões)

(Foto: Corpo de Bombeiros/MG - Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O acordo de reparação com a Vale pelo rompimento de barragem em Mariana, em 2015, deve sair mais caro à empresa que o acordo feito com o governo de Minas Gerais pelo rompimento em Brumadinho (R$ 37,68 bilhões), segundo o portal Itatiaia

A primeira reunião para discutir o acordo com o governo mineiro está prevista para o dia 25/02.

“Não tenho dúvidas de que a concepção da solução de Brumadinho trará repercussão para Mariana”, disse o advogado-geral de MG, Sérgio Pessoa, em entrevista à Itatiaia para o podcast Abrindo o Jogo.

“Essas tratativas estão avançadas, já há um movimento porque a semelhança do comitê pró-Brumadinho instalado pelo governador se instalou também o comitê pró-Rio Doce, com a mesma perspectiva de consolidação no âmbito do Poder Executivo do conjunto de políticas públicas que deverão estar retratadas nos projetos das secretarias envolvidas e a partir daí faremos essa interlocução com o juízo”, completou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email