“Desculpa por não ter protegido você”, diz pai do menino Henry

"Desculpe o papai por não ter feito mais, lutado mais e protegido você muito mais”, disse Leniel Borel, pai de Henry

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O pai do menino Henry,  Leniel Borel de Almeida Junior, usou suas redes sociais na madrugada desta quinta-feira (8) para lamentar que não tenha protegido seu filho das agressões do vereador doutor Jairinho.

“Nunca vou esquecer de cada minuto do nosso último final de semana juntos. Deixar você bem, cheio de vida, com todos os sonhos e vontades de uma criança inocente. Desculpe o papai por não ter feito mais, lutado mais e protegido você muito mais”, disse o pai.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu nesta quinta-feira (8) o vereador do Rio Dr. Jairinho (Solidariedade) e Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, que morreu no dia 8 de março. O garoto foi assassinado, de acordo com as investigações. A prisão é temporária, por 30 dias.


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email