Diante do caos, Temer viaja ao Rio para distribuir carros

Com um Brasil parado devido à greve dos caminhoneiros, que bloqueiam estradas em 25 Estados e no Distrito Federal por conta do alto preço do diesel, Michel Temer, que já perdeu o comando do País e entregou ao Legislativo, achou um timing "perfeito" para viajar para o Rio de Janeiro distribuir carros; o evento na cidade de Porto Real acontece na fábrica da montadora Pegeout Citröen e distribui veículos para conselhos tutelares do sul do Rio de Janeiro

temer
temer (Foto: Gisele Federicce)

Rio 247 - Com um Brasil parado devido à greve dos caminhoneiros, que bloqueiam estradas em 25 Estados e no Distrito Federal por conta do alto preço do diesel, Michel Temer, que já perdeu o comando do País e entregou ao Legislativo, achou um timing "perfeito" para viajar para o Rio de Janeiro distribuir carros.

O ato na cidade fluminense de Porto Real acontece na fábrica da montadora Pegeout Citröen e distribui veículos para conselhos tutelares do sul do Rio de Janeiro. Temer viajou na tarde desta quinta-feira 24, tendo decolado por volta de 14h.

Sua saída foi depois de uma reunião com ministros e com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, para tentar uma solução para o preço dos combustíveis e a greve dos caminhoneiros, que terminou sem qualquer acordo.

O presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, deixou uma reunião na Casa Civil antes do término e afirmou que a entidade mantém posição de manutenção da greve, mas que outras organizações da categoria aceitaram suspender temporariamente a paralisação.

"Enquanto presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), não entregar projeto votado e assinado pelo presidente (Michel Temer), da minha parte não levanto o movimento", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247