Doria agradece Anvisa e diz que vacina chinesa será "a vacina do Brasil"

"A Coronavac será produzida em SP, no Butantan. Será a vacina do Brasil", disse o governador João Doria; neste sábado, o Brasil registrou 432 novas mortes

(Foto: GOVSP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "Agradeço a postura coerente e autônoma da Anvisa, ao liberar compra inicial de 6 milhões de doses da Coronavac. Reforçamos a importância da liberação de insumos para a produção das outras 40 milhões de doses. A Coronavac será produzida em SP, no Butantan. Será a vacina do Brasil", disse o governador de São Paulo, João Doria, que defende que a vacina chinesa seja adotada de forma obrigatória em seu estado. Neste sábado, o Brasil registrou 432 novas mortes. Saiba mais:

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou neste sábado 432 novas mortes por Covid-19, e o total de óbitos causados pela doença provocada pelo coronavírus no país é agora de 156.903, informou o Ministério da Saúde.

O país registrou também 26.979 novas infecções pela doença, o que leva o total de casos confirmados para 5.380.635, de acordo com os dados divulgados pela pasta.

O Brasil é o segundo país do mundo com maior número de mortes provocadas pela Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, onde mais de 224 mil pessoas morreram por causa da doença.

Já quanto ao número de casos, o Brasil ocupa a terceira posição no ranking, atrás dos EUA, com mais de 8,5 milhões de infecções, e da Índia, onde 7,8 milhões de casos de Covid-19 já foram registrados.

Estado brasileiro mais afetado pela Covid-19, São Paulo chegou neste sábado às marcas de 1.089.255 casos e 38.726 mortes.

O segundo Estado com maior número de óbitos causados pela Covid-19, de acordo com os dados do ministério, é o Rio de Janeiro, que registrou até este momento 20.171 mortes, com 298.823 casos.

O Brasil possui 4.817.898 pessoas recuperadas da doença e 405.834 pacientes em acompanhamento, segundo o ministério.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247