Doria autoriza lei que institui dia de oração pelas "autoridades da Nação"

Governador de São Paulo, João Doria, autorizou a criação de uma lei que prevê o Dia de Oração pela Autoridades da Nação; segundo o deputado estadual Reinaldo Alguz (PV), autor da lei, que cria a data no calendário oficial paulista, é necessário que “se torne hábito orar, e não criticar, autoridades constituídas no estado de SP e por toda a nação brasileira”

Governador do Estado de São Paulo, João Doria participa da coletiva de imprensa
Governador do Estado de São Paulo, João Doria participa da coletiva de imprensa (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

247 - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), autorizou a criação de uma lei que prevê o Dia de Oração pela Autoridades da Nação. Segundo o deputado estadual Reinaldo Alguz (PV), autor da lei, que cria a data no calendário oficial paulista, é necessário que “se torne hábito orar, e não criticar, autoridades constituídas no estado de SP e por toda a nação brasileira”. 

Segundo o parlamentar, que é do movimento conservador Renovação Carismática Católica, seria necessário “orar para que os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário cumpram os seus papéis com excelência.” Em 2016, em vez de rezar, ele atuou pelo golpe contra a presidente Dilma Roussef.

A reportagem é da jornalista Mônica Bergamo.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247