Doria: discurso de Bolsonaro foi “inadequado e inoportuno”

Segundo o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o discurso de Jair Bolsonaro não ONU "não teve referências que pudessem trazer respeitabilidade e confiança no Brasil no plano ambiental, econômico ou político”

(Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Cogitado para disputar a presidência da República em 2022, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) disparou contra Jair Bolsonaro (PSL) e seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, que ocorreu nesta manhã de terça-feira (24). De acordo com o tucano, a fala foi “inadequada e inoportuna” e faltou “bom senso” ao presidente.

“[O discurso] não teve referências que pudessem trazer respeitabilidade e confiança no Brasil no plano ambiental, econômico ou político”, disse Doria após um evento em São Paulo, em entrevista a Igor Gielow, da Folha de S.Paulo

O chefe do Executivo paulista afirmou que já esperava a “péssima repercussão” internacional da fala de Bolsonaro. Segundo o governador, faltou “bom senso e humildade” ao ocupante do Planalto, que acusou a mídia brasileira de propagar duas falácias: em dizer que a “Amazônia é patrimônio da humanidade e que é pulmão do mundo”. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email