Doria diz que vai prender quem se aglomerar nas ruas

“Se não houver consciência das pessoas, a partir de segunda-feira o governo de São Paulo tomará medidas mais rigorosas, com a penalização de prisão para as pessoas que desobedecerem essa recomendação”, disse o governador João Doria em entrevista à TV Globo

João Doria
João Doria (Foto: Gov. SP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em entrevista ao SPTV, da rede Globo, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), disse que aglomerações nas ruas serão advertidas e orientadas, mas que se as pessoas insistirem poderão ser presas pela Polícia Militar Militar.

“Se não houver consciência das pessoas (…), a partir de segunda-feira o governo de São Paulo tomará medidas mais rigorosas, com a penalização de prisão para as pessoas que desobedecerem essa recomendação”, declarou Doria.

Jair Bolsonaro tem feito campanha contra o isolamento e o embate com os governadores como Doria tem se repetido. 

O governo tem feito um monitoramento por meio de dados de operadores telefônicas que indicam que menos da metade da população do estado ficou em casa nesta quarta-feira (8). É o menor índice desde que a quarentena teve início, em 24 de março.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email