Dr. Jairinho é afastado do Conselho de Ética da Câmara do Rio de Janeiro

A cadeira de Jairinho passa a ser ocupada pelo vereador Luiz Ramos Filho (PMN)

(Foto: Renan Olaz/CMRJ)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O vereador Dr. Jairinho (sem partido), preso na manhã desta quinta-feira (8) por suspeita de envolvimento no assassinato do menino Henry Borel, foi afastado no final da tarde do Conselho de Ética da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro.

A decisão se deu na Sala das Comissões, com os membros do Conselho e da Procuradoria da Casa.

A cadeira de Jairinho no Conselho será ocupada agora pelo vereador Luiz Ramos Filho (PMN). "Fui eleito suplente do conselho de ética e vou cumprir o meu papel. Agora nós vamos pedir para ter acesso aos autos para fazer uma provável representação contra o vereador. Mas tomando toda cautela", disse Ramos Filho.

"É com profunda tristeza que recebemos as notícias dos últimos dias. Sou pai de duas filhas e não consigo imaginar a dor de uma perda (de alguém) que devemos proteger. Uma vida, independente de quem seja, é sagrada e, em se tratando de uma criança, nos causa ainda mais perplexidade", declarou o presidente da Câmara, o vereador Carlo Caiado (DEM).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email