Duplex e relógios de luxo de operadores de Cabral vão a leilão

A Justiça Federal do Rio realiza o leilão de apartamentos, salas comerciais e relógios - avaliados em R$ 16 milhões - que pertenciam a três suspeitos de atuar como assessores do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB); o bem mais valioso é de Ary Filho, assessor e operador financeiro do peemedebista; é um duplex de 300 metros quadrados na Praia da Barra da Tijuca, avaliado em R$ 5,4 milhões. O condomínio tem uma espécie de parque aquático

A Justiça Federal do Rio realiza o leilão de apartamentos, salas comerciais e relógios - avaliados em R$ 16 milhões - que pertenciam a três suspeitos de atuar como assessores do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB); o bem mais valioso é de Ary Filho, assessor e operador financeiro do peemedebista; é um duplex de 300 metros quadrados na Praia da Barra da Tijuca, avaliado em R$ 5,4 milhões. O condomínio tem uma espécie de parque aquático
A Justiça Federal do Rio realiza o leilão de apartamentos, salas comerciais e relógios - avaliados em R$ 16 milhões - que pertenciam a três suspeitos de atuar como assessores do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB); o bem mais valioso é de Ary Filho, assessor e operador financeiro do peemedebista; é um duplex de 300 metros quadrados na Praia da Barra da Tijuca, avaliado em R$ 5,4 milhões. O condomínio tem uma espécie de parque aquático (Foto: Leonardo Lucena)

Rio 247 - A Justiça Federal do Rio realiza, nesta quarta-feira (11), o leilão de apartamentos, salas comerciais e relógios - avaliados em R$ 16 milhões - que pertenciam a três suspeitos de atuar como assessores do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) na organização criminosa que, de acordo com o Ministério Público Federal (MPF), desviou milhões dos cofres públicos.

O bem mais valioso é de Ary Filho, assessor e operador financeiro do peemedebista. É um duplex de 300 metros quadrados na Praia da Barra da Tijuca, avaliado em R$ 5,4 milhões. O condomínio tem uma espécie de parque aquático.

Filho tem, ainda, três unidades residenciais comuns, duas salas comerciais e outro duplex (de 250 metros quadrados), que custa R$ 4,2 milhões, na Barra. O prédio tem piscina, salão de jogos, quadras de tênis, parquinho infantil e churrasqueira.

Os outros bens são um carro de Wagner Jordão Garcia, ex-assessor de Cabral, segundo o G1.

Relógios de luxo são de Hudson Braga, que foi secretário do ex-governador. os relógios chegam a custar até R$ 10 mil, R$ 12 mil e R$ 14 mil. O mais barato deles foi avaliado em R$ 700.

Também seriam leiloados a mansão de Cabral em Mangaratiba, lanchas e jet boats, mas ele recorreu e obteve liminar que adiou a venda.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247