Eduardo Paes encontrou com “homem do dinheiro” do esquema de corrupção de Witzel

A Polícia Federal descobriu que Eduardo Paes visitou o ex-pró-reitor da Universidade Iguaçu e empresário José Carlos de Melo

Ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes
Ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil.)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em investigação sobre esquema de propina na área da saúde no governo do Rio de Janeiro de Wilson Witzel, a Polícia Federal descobriu que Eduardo Paes visitou o ex-pró-reitor da Universidade Iguaçu e empresário José Carlos de Melo.

Melo foi preso na operação que afastou Witzel e é apontado como responsável pelos pagamentos de propinas no esquema de corrupção. Segundo denúncia do Ministério Público Federal (MPF), ele seria o “homem do dinheiro do grupo”.

Ex-prefeito do Rio e candidato pelo DEM nas eleições deste ano, Paes aparece em imagens da portaria de Carlos Melo das câmeras de segurança do condomínio.

A assessoria de imprensa do ex-prefeito enviou ao 247 a seguinte posição de Paes sobre a acusação: “Estive com esse cidadão uma vez na vida a convite de um amigo em comum para conhecer o reitor da UNIG. Nunca tinha sequer ouvido falar nele. Reitor em geral são pessoas respeitadas. Não podia imaginar de quem se tratava."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email