Eike Batista: “provavelmente sou a maior fake news do mundo”

O empresário Eike Batista afirmou que estuda se candidatar ao Senado; em entrevista ao jornal o Globo, Eike revelou que recebeu um convite, mas não disse de qual partido; "Tem muita gente que acha que eu posso contribuir. Não tenho nenhum impedimento judicial. Não fui sequer julgado em primeira instância", disse ele; o empresário negou que esteja buscando foro privilegiado com a candidatura; "Não. Eu quero ajudar. Eu preciso me reinventar. Hoje, sou provavelmente a maior fake news do mundo. Ninguém sabe o que eu fiz pelo Brasil. Vou mostrar o que eu já fiz", afirmou 

29/11/2017- Brasília - O empresário Eike Batista fala na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que apura irregularidades no BNDES Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
29/11/2017- Brasília - O empresário Eike Batista fala na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que apura irregularidades no BNDES Foto: Wilson Dias/Agência Brasil (Foto: Aquiles Lins)

Rio 247 - O empresário Eike Batista afirmou que estuda se candidatar ao Senado. Em entrevista ao jornal o Globo, Eike revelou que recebeu um convite, mas não disse de qual partido. 

"Estou estudando isso. Vamos avaliar. Estou conversando com partidos. Já me procuraram, mas eu prefiro não comentar por ora. Tem muita gente que acha que eu posso contribuir. Não tenho nenhum impedimento judicial. Nâo fui sequer julgado em primeira instância (A Lei da Ficha Limpa barra candidaturas de condenados em 2ª instância)", disse ele. 

Eike perdeu US$ 34 bilhões, ficou preso três meses em uma cela de 12 metros quadrados em Bangu e ainda responde a processo que pode lhe colocar de volta na cadeia.

O empresário negou que esteja buscando foro privilegiado com a candidatura. "Não. Eu quero ajudar. Eu preciso me reinventar. Hoje, sou provavelmente a maior fake news do mundo. Ninguém sabe o que eu fiz pelo Brasil. Vou mostrar o que eu já fiz. Eu trouxe para o Brasil US$ 40 bilhões em investimentos. Eu vou ajudar a não deixar projetos desnecessários serem construídos", afirmou. 

Leia a entrevista na íntegra

Ao vivo na TV 247 Youtube 247