Em crítica a Bolsonaro, Doria pede "respeito pela Argentina, seja qual for o resultado eleitoral”

Governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a dar sinais de distanciamento das ideias representadas por Jair Bolsonaro. Doria criticou as declarações de Bolsonaro sobre o resultado das eleições primárias argentinas – nas quais a esquerda saiu vitoriosa – e pediu “respeito pela Argentina, seja qual for o resultado eleitoral”, das eleições marcadas para outubro

Jair Bolsonaro e João Doria
Jair Bolsonaro e João Doria (Foto: Marcos Correa/PR)

247 - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a dar sinais de distanciamento das ideias representadas por Jair Bolsonaro. Nesta terça-feira (13), Doria criticou as declarações de Bolsonaro sobre o resultado das eleições primárias argentinas – nas quais a esquerda saiu vitoriosa – e pediu “respeito pela Argentina, seja qual for o resultado eleitoral”, das eleições marcadas para outubro. (Leia mais no Brasil 247)

Doria destacou, ainda, que a Argentina é “um dos maiores parceiros comerciais do Brasil” e as relações comerciais entre os dois países não devem fazer parte das opiniões pessoais de seus governantes. 

De acordo com reportagem do jornal El País, Doria também mostrou que quer se distanciar dos ataques ambientais feitos pelo governo Jair Bolsonaro. Segundo o tucano, “São Paulo segue rigorosamente o protocolo (do acordo de Paris)”, em referência ao pacto global para a redução do efeito estufa duramente criticado por Bolsonaro. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247