Em três dias, covid matou 10 profissionais de saúde em São Paulo

Segundo o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido dos Sanrtos, episódios demonstram agravamento nas áreas mais distantes da cidade

(Foto: REUTERS/Bruno Kelly)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido dos Santos, disse neste sábado (11) que apenas na capital paulista, 10 profissionais de saúde morreram em decorrência do novo coronavírus nos últimos três dias. 

Em entrevista à CNN Brasil, Santos disse que o episódio demonstra o processo de agravamento nas áreas mais distantes da cidade. "Nós tivemos, dois ou três dias atrás, oito profissionais de saúde que faleceram em função da covid-19, e só hoje tivemos mais um médico e uma enfermeira que vieram a falecer em função da covid-19", relatou.

"É possível notar em todo o conjunto da periferia a presença não só de pessoas confirmadas com a covid-19, hospitalizadas, mas também com as mortes começando a acontecer. De uma semana para cá, houve um salto muito grande não só nos casos confirmados, mas na hospitalização. (...) O processo de disseminação da doença chegou às áreas mais periféricas da cidade, onde o contingente populacional é maior. Podemos ter um processo muito rápido de acúmulo de avanço da doença", disse ele.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247