Empresa de aviação vai investir R$ 190 milhões em nova unidade

Estado do Rio de Janeiro receberá investimento de R$ 190 milhões para construção de nova unidade de testes de motores aeronáuticos da GE Celma em Três Rios, no Centro-Sul Fluminense; empresa, que atua no ramo de revisão e manutenção de turbinas de aviões, tem sua planta básica em Petrópolis; esta será a quinta unidade da companhia no estado do Rio de Janeiro, além do centro de pesquisas na área de óleo e gás, na Ilha do Fundão

23.10.2015 - Rio de Janeiro - RJ - Governador Luiz Fernando Pezão, durante
23.10.2015 - Rio de Janeiro - RJ - Governador Luiz Fernando Pezão, durante (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Governo do Rio - O Estado do Rio de Janeiro receberá investimento de R$ 190 milhões para construção de nova unidade de testes de motores aeronáuticos da GE Celma em Três Rios, no Centro-Sul Fluminense. A empresa, que atua no ramo de revisão e manutenção de turbinas de aviões, tem sua planta básica em Petrópolis. Esta será a quinta unidade da companhia no estado do Rio de Janeiro, além do centro de pesquisas na área de óleo e gás, na Ilha do Fundão.

O banco de provas de motores da GE Celma será erguido em um terreno de 250 mil metros quadrados. A expectativa da empresa é que as obras sejam iniciadas no primeiro semestre de 2016 e que comece a operar em 2018. A empresa quer ampliar sua capacidade operacional e chegar a 500 motores aeronáuticos de grande porte revisados por ano, até 2020.

- A GE é uma das maiores empresas do mundo que vai levar um serviço de alta tecnologia para Três Rios. A cidade só tem a ganhar com esse investimento, e o Estado também, com a arrecadação de impostos. Vamos torcer para que haja outros investimentos - afirmou o governador Luiz Fernando Pezão.

A instalação da unidade de testes em Três Rios é estratégica para a empresa: está localizada entre a matriz, em Petrópolis, onde os motores aeronáuticos são revisados, e o aeroporto de Campinas, onde são transportados para o exterior. Segundo o presidente da GE Celma, Julio Talon, o banco de provas da companhia vai transformar o Rio de Janeiro em um polo para a aviação na América Latina.

- Esse banco de testes para motores de última geração vai abrir as portas da empresa e nos proporcionar um crescimento de 20% nos próximos quatro anos. Teremos capacidade para revisar o motor do Boeing 787, o mais avançado do mundo. A GE Celma foi escolhida para ser a segunda maior e pode ser a maior oficina da empresa a revisar esse tipo de motor, o que vai abrir nossas portas para fazermos exportações para mercados e continentes que tínhamos dificuldade de atuar com os atuais modelos de motor que revisamos aqui - explicou Talon.

O prefeito de Três Rios, Vinicius Farah, destacou que a cidade tem se preparado para receber novos investimentos.

- A construção da unidade de testes demonstra a qualidade do trabalho realizado pelo governo do estado porque, primeiro a empresa escolhe as políticas públicas e o porto seguro do estado para depois optar pelo município onde vai se instalar. E a GE acreditou na solidez da política pública do Rio de Janeiro e de Três Rios com isenções fiscais, qualificação profissional e logística adequadas - disse o prefeito.

Aprovado incentivo fiscal para carro elétrico

Durante o evento sobre a construção da nova unidade de testes de motores aeronáuticos da GE Celma, o governador Luiz Fernando Pezão anunciou a publicação, no Diário Oficial da União, de incentivos fiscais para produção de carros elétricos no Brasil. Há cerca de um ano, Pezão busca a concessão de incentivos do governo federal para fabricação do modelo da Nissan, pioneira na produção em larga escala de veículos elétricos.

- O incentivo fiscal para trazermos o carro elétrico para o Brasil foi aprovado ontem. Agora vamos negociar com a Nissan-Renault a instalação da primeira fábrica de carro elétrico aqui, no Rio - disse Pezão.

Em abril de 2014, a Nissan inaugurou uma nova fábrica em Resende, na Região do Médio Paraíba. A unidade emprega pelo menos duas mil pessoas direta e indiretamente. A montadora investiu R$ 2,6 bilhões na fábrica, que tem capacidade para montar 200 mil carros e 200 mil motores por ano.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247