Erundina chama Marta Suplicy de traidora por apoiar Covas

Candidata a vice-prefeita na chapa de Guilherme Boulos (PSOL), Luiza Erundina (PSOL) disse que Marta Suplicy “traiu o PT, traiu a esquerda e traiu o povo". As duas já foram prefeitas de São Paulo pelo PT

(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Candidata à vice-prefeitura de São Paulo, pela chapa de Guilherme Boulos (PSOL), a deputada federal Luiza Erundina (PSOL) chamou Marta Suplicy de traidora. "Marta está apoiando o Covas. Ela traiu o PT, traiu a esquerda e traiu o povo", disse.

A deputada também criticou Marta por ter estreado o Martamóvel em campanha para apoiar Bruno Covas, do PSDB. "Enquanto estou aqui no calor do Cata Voto, ela imitou a gente. Imitou não, pois está num caminhão, com ar-condicionado, com sofá de couro", afirmou.

Leia mais: Marta Suplicy fecha a carreira com dancinha no carro de Bruno Covas (vídeo)

marta-suplicy-bruno-covas
Marta Suplicy(Photo: Reprodução)Reprodução

Erundina se locomove pelas ruas de São Paulo numa cabine de acrílico puxada por uma picape. A medida ocorre porque ela é do grupo de risco da Covid-19.

erundina-carreata-campanha-sp
Luiza Erundina durante campanha em SP(Photo: Divulgação)Divulgação

As duas já foram prefeitas pelo PT na cidade de São Paulo, mas não estão mais no partido. Erundina foi ao PSB no final da década de 1990 e se filiou ao PSOL em 2016. Já Marta saiu do PT em 2016 para apoiar o golpe, foi para o MDB de Michel Temer, em seguida foi para o Solidariedade e atualmente está sem partido.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247