Estado do Rio tem contas bloqueadas por dívida de R$ 170 mi com a União

Governo de Michel Temer bloqueou nesta segunda-feira, 7, as contas do Estado do Rio Janeiro, governado pelo correligionário do PMDB Luiz Fernando Pezão, para pagamento de dívidas que totalizam R$ 170 milhões com a União; estado está impedido de fazer qualquer tipo de pagamento durante o bloqueio, que deve durar até o governo federal arrecadar o montante devido; só estão sendo permitidos os repasses obrigatórios, como por exemplo, o repasse para os municípios e para a saúde

Governo de Michel Temer bloqueou nesta segunda-feira, 7, as contas do Estado do Rio Janeiro, governado pelo correligionário do PMDB Luiz Fernando Pezão, para pagamento de dívidas que totalizam R$ 170 milhões com a União; estado está impedido de fazer qualquer tipo de pagamento durante o bloqueio, que deve durar até o governo federal arrecadar o montante devido; só estão sendo permitidos os repasses obrigatórios, como por exemplo, o repasse para os municípios e para a saúde
Governo de Michel Temer bloqueou nesta segunda-feira, 7, as contas do Estado do Rio Janeiro, governado pelo correligionário do PMDB Luiz Fernando Pezão, para pagamento de dívidas que totalizam R$ 170 milhões com a União; estado está impedido de fazer qualquer tipo de pagamento durante o bloqueio, que deve durar até o governo federal arrecadar o montante devido; só estão sendo permitidos os repasses obrigatórios, como por exemplo, o repasse para os municípios e para a saúde (Foto: Aquiles Lins)

Rio 247 - O Estado do Rio de Janeiro teve suas contas bloqueadas nesta segunda-feria, 7, pelo governo federal, para pagamento de dívidas que totalizam R$ 170 milhões com a União. 

O estado está impedido de fazer qualquer tipo de pagamento durante o bloqueio, que deve durar até o governo federal arrecadar o montante devido, o que deve ocorrer na quarta-feria, 9. Só estão sendo permitidos os repasses obrigatórios, como por exemplo, o repasse para os municípios e para a saúde.

O Governo do Estado diz que as consequências do bloqueio são "o impedimento de fazer qualquer tipo de pagamento até que o valor devido à União seja pago", mas que não haverá impacto no pacote de medidas anunciado na sexta-feira (4). "O impacto deste impedimento é imediato, não influencia as medidas, já que a maioria é para 2017", diz o governo do Rio em nota à imprensa. 

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247