Fernando Holiday é chamado de 'macaco de auditório' e acusa racismo

O vereador Fernando Holiday (DEM-SP) foi chamado de "macaco de auditório" pelo vereador Camilo Cristófaro (PSB) no plenário da Câmara Municipal. Ele diz que irá denunciar racismo à Corregedoria do Legislativo e ao Ministério Público Estadual (MPE).

MBL fala em tiro contra Holiday, mas apenas uma bola de gude foi encontrada
MBL fala em tiro contra Holiday, mas apenas uma bola de gude foi encontrada (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

247 - O vereador Fernando Holiday (DEM-SP) foi chamado de "macaco de auditório"  pelo vereador Camilo Cristófaro (PSB) no plenário da Câmara Municipal. Ele diz que irá denunciar racismo à Corregedoria do Legislativo e ao Ministério Público Estadual (MPE).

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que "em 2018, Holiday havia sido chamado de "capitão do mato" pelo então candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT), em um ato também descrito pelo membro do MBL como racismo. Na ocasião, Gomes foi processado e terminou condenado pela Justiça de São Paulo ao pagamento de uma indenização de R$ 38 mil."

A matéria ainda sublnha que "o ataque agora tem como pano de fundo um clima azedo entre Holiday e outros vereadores desde uma entrevista que ele deu para o apresentador Danilo Gentili, do SBT, na sexta-feira passada. Ele declarou que os vereadores de São Paulo "não trabalham", o que havia revoltado os colegas. Na quarta-feira, também no plenário, voltou a fazer tais afirmações."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247