Filho de Bolsonaro sugere série sobre o pai e Netflix responde: “está louca”

A Netflix ironizou uma sugestão do deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para que a empresa faça uma série com o pai, o deputado federal e presidenciável pelo PSL, Jair Bolsonaro (RJ); ogrupo respondeu à ideia dada por ele no Twitter o chamando de “louca”

A Netflix ironizou uma sugestão do deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para que a empresa faça uma série com o pai, o deputado federal e presidenciável pelo PSL, Jair Bolsonaro (RJ); ogrupo respondeu à ideia dada por ele no Twitter o chamando de “louca”
A Netflix ironizou uma sugestão do deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para que a empresa faça uma série com o pai, o deputado federal e presidenciável pelo PSL, Jair Bolsonaro (RJ); ogrupo respondeu à ideia dada por ele no Twitter o chamando de “louca” (Foto: Leonardo Lucena)

Rio 247 - A Netflix ironizou uma sugestão do deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para que a empresa faça uma série com o pai, o deputado federal e presidenciável pelo PSL, Jair Bolsonaro (RJ). O grupo respondeu à ideia dada por ele no Twitter o chamando de “louca”.

A Netflix ganhou as páginas da imprensa brasileira nesta semana por causa da série O Mecanismo. A empresa é acusada de distorcer fatos da Operação Lava Jato. A repercussão negativa foi tão grande que foi criada no Twitter a hashtag #CancelaNetflix.

Uma das pessoas que cancelaram a assinatura da empresa foi o crítico de cinema Pablo Villaça. Ele disse que sua decisão de cancelar a Netflix não foi tomada simplesmente pelo choque e pela repulsa diante do que foi feito em O Mecanismo. "Esta foi apenas a gota", afirma. "Basicamente, minhas ressalvas à Netflix envolvem três áreas: Cinema, ética corporativa e política".

Rebatando críticas, o cineasta José Padilha afirmou, por exemplo, ser correto atribuir ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva uma frase do senador Romero Jucá (PMDB-RR), sobre "estancar a sangria", dita justamente para justificar o golpe de 2016.

O cineasta também criticou a presidente deposta pelo golpe, Dilma Rousseff. “‘O Mecanismo’ é uma obra-comentário. Na abertura de cada capítulo está escrito que os fatos estão dramatizados, se a Dilma soubesse ler, não estaríamos com esse problema”, afirmou.

Em nota, Dilma afirmou que a "má-fé de Padilha é gritante" e a Netflix se tornou alvo de boicote no Brasil, em razão da fraude filmada por Padilha.

 

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247